Postado em 17 de Dezembro de 2015 às 17h07

Peso argentino tem desvalorização entre 30% e 45%

Buenos Aires - As casas de câmbio e bancos argentinos abriram nesta quinta-feira, no primeiro dia após o levantamento das restrições cambiais conhecidas como "cepo" ao dólar, com uma desvalorização do peso argentino de entre 30% e 45%.

As primeiras operações situam a cotação em relação à moeda americana, para a venda, em valores entre os 13 pesos por unidade e os 14, em relação aos 9,835 pesos por dólar com que fechou na quarta-feira o mercado cambial oficial.

Espera-se que ao longo do dia os valores oscilem em função da demanda.

A ponto de completar uma semana de gestão, o governo argentino retirou na quarta-feira as restrições cambiais, com o objetivo de "normalizar a economia" e recuperar a caminho de crescimento após quatro anos de estagnação.

Fonte: Exame

Veja também

Presidente eleito da Argentina quer aliar Mercosul a bloco do Pacífico25/11/15 Mauricio Macri mostrou vontade de destravar a negociação com a União Europeia, na qual a Argentina é o maior empecilho. O presidente eleito da Argentina, Mauricio Macri, afirmou na manhã desta segunda-feira, 23, que aguarda sua primeira reunião do Mercosul com expectativa. "O Mercosul precisa avançar nos acordos com a União Europeia (UE) e convergir......
OMC desbloqueia Rodada de Doha na conferência de Bali09/12/13 Bangcoc - A Organização Mundial do Comércio (OMC) conseguiu desbloquear a Rodada de Doha, paralisada desde 2008, com um acordo alcançado neste sábado na ilha de Bali, na Indonésia, que vai permitir avanços na......

Voltar para Blog (en)