Postado em 25 de Março de 2014 às 14h17

Borges: Estabilidade do câmbio torna país mais competitivo

SCL Consultoria e Negócios Internacionais Novo Conteúdo 02 Brasília (21 de março) - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges, destacou, nesta sexta-feira, a estabilidade do...

Brasília (21 de março) - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges, destacou, nesta sexta-feira, a estabilidade do câmbio como fator para a retomada das exportações brasileiras. Na avaliação do ministro, com a cotação do dólar estável entre R$ 2,30 e R$ 2,40, os empresários podem melhor planejar suas operações.

Segundo Borges, há uma defasagem entre o nível do câmbio e os reflexos nas vendas externas do país. Para ele, a partir de agora, essa nova paridade entre real e dólar deve beneficiar os exportadores.

“O nível atual é mais competitivo, sobretudo em função da política consistente do Banco Central de dar liquidez ao mercado”, argumentou, ao participar de café da manhã com jornalistas setoristas da pasta.

Durante o encontro, o ministro afirmou ainda que a linha de crédito para financiar importações de produtos brasileiros pela Argentina será realizada, exclusivamente, por bancos comerciais. “A intenção é facilitar o sistema de financiamento de curto prazo”, explicou

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MDIC
(61) 2027-7190 e 2027-7198
ascom@mdic.gov.br

fonte: http://www.mdic.gov.br/sitio/interna/noticia.php?area=1¬icia=13055

Veja também

Balança comercial do agronegócio registra superávit de US$ 8,38 bilhões em maio (duplicado)14/06/17 As exportações brasileiras do agronegócio atingiram US$ 9,68 bilhões, em maio, superando em 12,8% o valor registrado no mesmo mês do ano anterior. Já as importações tiveram crescimento de 30%, passando para US$ 1,3 bilhão em maio deste ano. O superávit comercial do agronegócio brasileiro aumentou de US$ 7,59 bilhões para US$ 8,38......
EXPORTAÇÃO AOS PAÍSES ÁRABES CRESCEU 5% EM JUNHO14/07/14 Vendas à região avançaram pela primeira vez no ano e renderam mais de US$ 1 bilhão. Desempenho foi influenciado pelo açúcar, minério de ferro e produtos químicos. As exportações......

Voltar para Blog (es)