Postado em 23 de Dezembro de 2013 às 14h58

Camex aplica medida antidumping para importações de pneus

  • SCL Consultoria e Negócios Internacionais -


Por Valor
BRASÍLIA - Após encerrar investigações, a Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu aplicar o direito antidumping definitivo, por um prazo de até cinco anos, às importações brasileiras de pneus novos de borracha de motocicletas originárias da Tailândia, China e do Vietnã e de refratários básicos magnesianos do México. As resoluções com a decisão da Camex foram publicadas, nesta quinta-feira, 19, no Diário Oficial da União (DOU).
O dumping — cobrança de valor inferior ao de produção, para conquista de fatias maiores do mercado — é considerado prática desleal de comércio. Por isso, o governo pode aplicar punições contra os exportadores para proteger a indústria nacional.
Segundo resolução da Camex, a Associação Nacional de Indústria de Pneumáticos (Anip) e Associação Brasileira de Fabricantes de Refratários (Abrafar) protocolaram, em dezembro de 2011, o pedido de investigação de dumping nas exportações de pneus e refratários para o Brasil.
(Valor)

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.

Leia mais em:
http://www.valor.com.br/brasil/3377216/camex-aplica-medida-antidumping-para-importacoes-de-pneus#ixzz2oItAVPeY

Veja também

Camex reduz imposto de importação em informática14/10/14 A redução do tributo também foi concedida para a importação de fio de poliéster. Brasília - A Câmara de Comércio Exterior (Camex) reduziu o Imposto de Importação incidente sobre 9 itens de informática e sobre vários bens de capital, todos na condição de ex-tarifários. A redução do tributo......
Negócios na 37ª Expointer chegam a R$ 1,6 bilhão04/09/14 A 37ª Expointer chega no seu sexto dia com R$ 1,6 bilhão em negócios, valor dividido entre maquinários, contratos, agricultura familiar, artesanato, leilões e remates. Nesta quinta-feira (04), o Sindicato das Indústrias......
África do Sul reabre mercado para carne suína brasileira, diz ABPA05/11/14 Por Luiz Henrique Mendes | Valor /04/11/2014 às 15h08 SÃO PAULO - Quase dez anos após proibir as compras de carne suína produzida no Brasil, a África do Sul reabriu seu mercado para o produto, informou hoje a......

Voltar para Blog (es)