Blog

Postado em 04 de Setembro de 2017 às 13h05

Acordo de Livre Comércio do Mercosul com Egito entra em vigor

Exportação (39)Importação (25)
SCL Consultoria e Negócios Internacionais ALC beneficiará 63% das exportações brasileiras para o país. Exportadores e importadores contarão com novas tarifas a partir da publicação de decreto...

ALC beneficiará 63% das exportações brasileiras para o país. Exportadores e importadores contarão com novas tarifas a partir da publicação de decreto presidencial

Brasília (1º de setembro) - Entrou em vigor, nesta sexta-feira, o Acordo de Livre Comércio (ALC) Mercosul-Egito. O documento, assinado em 2010, é o primeiro desta modalidade celebrado pelo bloco sul-americano com um país do continente africano.

De acordo com projeções da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), aproximadamente 63% das exportações brasileiras para o país serão imediatamente beneficiadas com a entrada em vigor do ALC. A aplicação do acordo no Brasil somente será dada com a publicação de decreto presidencial, prevista para ocorrer em breve.

O texto do ALC Mercosul-Egito e suas listas de ofertas estão acessíveis neste endereço.

Relações comerciais

No ano passado, o fluxo de comércio entre Brasil e Egito alcançou US$ 1,8 bilhão, dos quais 78% corresponderam a produtos cobertos pelo acordo comercial. O país é importante parceiro comercial na África, ao responder por 23% das aquisições de produtos brasileiros no continente.

Em 2016, as exportações brasileiras para o Egito somaram US$ 1,7 bilhão. Entre os principais produtos vendidos ao país africano estão carne bovina (30%), açúcar (17%), milho em grão (14%) e minério de ferro (10%).

No mesmo período, as importações somaram US$ 94,3 milhões. O Brasil compra do Egito, principalmente, adubos e fertilizantes (36%), nafta (10%), fios de algodão (5,8%) e produtos hortícolas (4,4%).
FONTE:imprensa@mdic.gov.br;

http://www.mdic.gov.br/index.php/noticias/2716-acordo-de-livre-comercio-do-mercosul-com-egito-entra-em-vigor

Veja também

GECEX prorroga direito antidumping sobre as importações de alto-falantes da China03/12/13 Brasília (29 de novembro) – Foi publicada hoje, no Diário Oficial da União, a Resolução Camex n° 101/2013, que prorroga por um prazo de até 5 anos o direito antidumping definitivo aplicado às importações brasileiras de alto-falantes da China. O produto é classificado nos códigos 8518.21.00, 8518.22.00 e 8518.29.90 da Nomenclatura......
Receita reduz tempo para liberar exportações06/11/13 Segundo a Receita, as mudanças farão o tempo médio de desembaraço das exportações cair de 3,19 dias para 2,12 dias. Brasília – A partir de hoje (5), as mercadorias vendidas para o exterior......

Voltar para Blog (pt)