Blog

Postado em 17 de Dezembro de 2015 às 17h07

Peso argentino tem desvalorização entre 30% e 45%

Importação (25)Exportação (39)

Buenos Aires - As casas de câmbio e bancos argentinos abriram nesta quinta-feira, no primeiro dia após o levantamento das restrições cambiais conhecidas como "cepo" ao dólar, com uma desvalorização do peso argentino de entre 30% e 45%.

As primeiras operações situam a cotação em relação à moeda americana, para a venda, em valores entre os 13 pesos por unidade e os 14, em relação aos 9,835 pesos por dólar com que fechou na quarta-feira o mercado cambial oficial.

Espera-se que ao longo do dia os valores oscilem em função da demanda.

A ponto de completar uma semana de gestão, o governo argentino retirou na quarta-feira as restrições cambiais, com o objetivo de "normalizar a economia" e recuperar a caminho de crescimento após quatro anos de estagnação.

Fonte: Exame

Veja também

Camex reduz tarifa de importação de 250 produtos25/06/14 Os setores mais beneficiados, em relação aos investimentos globais, são os de petróleo, mineração, bens de capital, de autopeças e automotivo. Brasília - A redução do imposto de importação fixada nesta terça-feira, 24, pela Câmara de Comércio Exterior (Camex) para bens de capital e de informática......
BRASIL QUER 10% DO COMÉRCIO MUNDIAL DO AGRONEGÓCIO26/02/16 Atualmente, Brasil tem 7% de participação nesse segmento no mercado externo. De olho no desempenho do agronegócio nos últimos anos, o Governo Federal anunciou na última quinta-feira (28) que pretende em 2016 aumentar as......
Carne: Brasil quer exportar mais 1 milhão de toneladas17/02/14 Associações de exportadores e governo querem abrir novos mercados e ampliar as vendas externas atuais em 17,7% As associações brasileiras de exportadores de carne bovina, de frango e suína irão trabalhar......

Voltar para Blog (pt)