Blog

Postado em 06 de Maio de 2014 às 16h49

PORTO ITAPOÁ ALCANÇA A MARCA DE 1 MILHÃO DE TEUS

SCL Consultoria e Negócios Internacionais Novo Conteúdo 01 Antes mesmo de completar seu terceiro ano de operação o Porto Itapoá alcançou, na noite desta quinta-feira, 1º de maio, a marca de 1 milhão de TEUs...

Antes mesmo de completar seu terceiro ano de operação o Porto Itapoá alcançou, na noite desta quinta-feira, 1º de maio, a marca de 1 milhão de TEUs – o equivalente a 1 milhão de contêineres de 20 pés – movimentados. O navio com o qual o Porto Itapoá atingiu esta marca é o Santa Rita, da Hamburg Süd, que faz a rota da Ásia (NGEX 2). “O nosso Terminal obteve essa marca histórica em tempo recorde se comparado a outros portos do Brasil”, afirma o presidente, Patricio Junior.
Este desempenho foi conquistado graças às condições diferenciadas do Porto Itapoá quejá figura entre os maiores e mais importantes terminais na movimentação de cargas conteinerizadas no País. O Terminal conta com infraestrutura, tecnologia, equipe de profissionais altamente qualificados e serviços especializados e sob medida para atender a demanda do mercado e as necessidades dos clientes, além de uma localização geográfica privilegiada.
O Porto Itapoá
O Porto Itapoá é um terminal portuário privativo de uso misto para a movimentação de contêineres. Tem como acionistas a Portinvest – formada pelo Grupo Battistella e a LOGZ Logística Brasil S.A – e a Aliança Navegação e Logística (Grupo Hamburg Süd). Além de contribuir para melhorar a infraestrutura de logística e transporte do país, o empreendimento também alavanca o desenvolvimento econômico e social do norte catarinense. A escolha por Itapoá para sediar o empreendimento foi motivada pelas características físicas e geográficas da região, como as águas abrigadas da Baía da Babitonga e sua profundidade natural de 16 metros, que possibilita ao Porto Itapoá receber adequadamente navios de grande porte. Sua estrutura, com o píer de atracação situado a 230 metros da praia, permite que moradores e turistas continuem utilizando a Praia da Figueira do Pontal.
Diante do crescimento das operações, e da própria demanda do mercado por terminais ágeis e eficientes, o Porto Itapoá deu início ao seu projeto de ampliação que iráquadruplicar sua capacidade. Atualmente, o Terminal portuário conta com cais de 630 metros de comprimento e pátio de 156 mil m2, com capacidade para movimentar 500 mil TEUs/ano. Após a ampliação, o cais terá 1.200 metros de comprimento e o pátio, 450 mil m2, em condições de movimentar aproximadamente 2 milhões de TEUs/ano.
Mais de 800 grandes empresas utilizam o Porto Itapoá como operador logístico, que já conta com 10 serviços para o mundo todo. A partir do Porto Itapoá são exportados e importados, principalmente, produtos refrigerados, devido à forte vocação catarinense e paranaense da indústria frigorífica, além de itens da indústria metalmecânica, madeira e derivados. Se sobressaem ainda a movimentação de produtos do setor de plástico e derivados, autoparts (peças de automóveis) e automóveis, químicos, e eletroeletrônicos.
A área retroportuária também tem se tornado um grande centro de investimentos na região, atraindo investidores e empresários do ramo logístico de todo o mundo. São 12 milhões de m² disponíveis numa área de 8 km de rodovias que dão acesso ao Terminal.
São diferenciais do Porto Itapoá
- Segurança marítima, produtividade e alta performance;
- Localização privilegiada na costa brasileira, com calado natural de 16 metros;
- Acesso rodoviário dedicado;
- Capacidade para receber os maiores navios que operam em águas brasileiras (335 metros);
- ISO 9001:2008.

fonte:http://netmarinha.uol.com.br/author/netmarinharedacao/

Veja também

12.1.2015 - Produção de grãos deve aumentar e chegar a 202 milhões de toneladas, diz Conab (Agência Brasil)12/01/15 A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou no dia (9) balanço da produção de grãos no Brasil. De acordo com os dados, o país deve produzir, na safra 2014/2015, 202,18 milhões de toneladas. O número representa aumento de 4,5% com relação à última safra. A previsão também cresceu em relação à......
Receita reduz tempo para liberar exportações06/11/13 Segundo a Receita, as mudanças farão o tempo médio de desembaraço das exportações cair de 3,19 dias para 2,12 dias. Brasília – A partir de hoje (5), as mercadorias vendidas para o exterior......
Produtores de frutas buscam mercado no exterior06/01/14 AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BRASIL- ÁRABE “Um grupo com 12 empresas vai buscar mais mercado internacional para as frutas brasileiras em fevereiro. Elas participam da Fruit Logistica, uma das maiores feiras para frutas in natura do mundo,......

Voltar para Blog (pt)